Widget Image
Secretarias
18/08/2017
HomeSaúdeWorkshop regional sobre Dengue destaca trabalho de Itu no combate à doença

Workshop regional sobre Dengue destaca trabalho de Itu no combate à doença

A Secretaria Municipal da Saúde de Itu participou do workshop sobre controle de Dengue, realizado pela Sucen – SR04 – Sorocaba, Coordenadoria de Controle de Doenças e Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, nesta sexta-feira (27/11), na cidade de Sorocaba.

Na oportunidade, o agente fiscal sanitário que atua na área de processamento de dados do serviço de Controle de Vetores da Secretaria da Saúde de Itu e também integra o Núcleo de Educação Permanente e Humanização (Neph), Claussios Celsius Cardoso, abordou o tema “Espaço matricial permanente de planejamento e organização de serviços”.

Segundo a diretora regional do Serviço Regional da Sucen de Sorocaba (SR4), Sueli Yasumaro Diaz, o trabalho da Sala de Situação é fundamental no combate a dengue. Destacou que o processo de Sala de Situação desenvolvido em Itu é muito interessante, pois não ocorre de forma estática, havendo discussões e retornos das mesmas.

O objetivo desse encontro foi abrir espaço para exposição dialogada da vivência municipal em vigilância em saúde, além de disseminar boas práticas para melhoria do trabalho para as cidades de maior população de risco para dengue na 4ª região administrativa do Estado de São Paulo, da qual Itu faz parte. Desde 2013, quando houve a instituição da Sala de Situação de Dengue em Itu, uma equipe multidisciplinar se reúne periodicamente para planejar e avaliar ações para combater a doença.

Esse trabalho tem se tornado referência para outros municípios, o que faz com que profissionais envolvidos sejam convidados a explanar sobre a experiência adquirida com a Sala de Situação de Dengue. Na cidade de Itu, o trabalho de combate a dengue é realizado de forma contínua, ao longo de todo o ano, independente do registro de casos da doença.

Estão envolvidos nesse trabalho os serviços de Controle de Vetores e o de Vigilância Epidemiológica, o laboratório municipal, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), os Pronto Atendimentos Municipais, o Núcleo de Educação Permanente e Humanização – NEPH (que promove capacitação dos funcionários), além das discussões relativas ao assunto que ocorrem em reuniões periódicas da Sala de Situação de Dengue, da qual participa uma equipe  multidisciplinar, inclusive com representante do Departamento Regional de Saúde – DRS Sorocaba, que avalia e traça estratégias para o combate à doença.

A Prefeitura conta ainda com o trabalho terceirizado da Eppo Ambiental, que realiza o controle químico quando necessário, e do Hospital São Camilo e serviços particulares de saúde, que têm participado de ações para aprimoramento no atendimento na cidade. Como parte das muitas ações realizadas no município, no último mês de julho ocorreu a II Conferência Municipal de Combate a Dengue, com participação de autoridades estaduais, profissionais da Secretaria da Saúde de Itu e representantes de serviços de saúde particulares da cidade.

A II Conferência teve como objetivos a avaliação do trabalho realizado e planejamento de ações futuras no combate a dengue. A estratégia adotada pela Secretaria da Saúde de Itu é discutir dengue inclusive no período interepidêmico (de julho a dezembro), quando o registro de casos da doença diminui, mas não acaba. O trabalho deve preceder o período epidêmico (de janeiro a maio), quando os profissionais se concentram em ações de eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti (transmissor da dengue), de busca de casos suspeitos e acompanhamento de casos confirmados da doença.

Texto e fotos: Angélica Estrada/Prefeitura de Itu

(27/11/2015)