Widget Image
Secretarias
18/08/2017
HomeGestões AnterioresPrefeitura confirma contrapartida na reforma da Delegacia de Itu

Prefeitura confirma contrapartida na reforma da Delegacia de Itu

Com um investimento de R$ 1.525.076,30, a Delegacia Central da Polícia Civil está passando por uma reforma completa. O prefeito de Itu, Antônio Tuíze (PSD), confirmou a contrapartida de R$ 152.507,63, ou seja, 10% do valor total. O R$ 1.372.568,67 restante provém de recursos do Governo do Estado de São Paulo.

De acordo com Tuíze, a obra, que já está em andamento, foi viabilizada graças a um convênio assinado pelo então prefeito Herculano Passos (PSD) no dia 05 de julho do ano passado, junto à Secretaria Estadual de Segurança Pública.

O convênio tem por objetivo a reforma e a ampliação da Delegacia Central. “A conquista é fruto de um trabalho desenvolvido pela deputada estadual Rita Passos (PSD) e pelo ex-prefeito Herculano Passos Junior, que buscaram o recurso para atender as necessidades da Polícia Civil local e do cidadão ituano”, afirmou o atual prefeito.

Tuíze, que durante os dois mandatos anteriores foi secretário municipal de Administração, explica que Herculano e Rita Passos iniciaram as tratativas com o Governo Estadual há mais de quatro anos, com o intuito de reformar a Delegacia de Itu. “Faz parte do processo de formulação do convênio pedidos do ex-prefeito e da deputada, endereçados ao governador e ao secretário de Segurança do Estado, datados de 2009, 2011 e 2012”, contou.

O chefe do Executivo ituano ainda comentou que, através do trabalho direto da deputada Rita Passos, foram conquistadas duas viaturas para a Polícia Civil e houve a garantia de aumento no efetivo da corporação, por meio de concurso público a ser realizado. Tuíze está acompanhando a reforma da Delegacia e continua encaminhando as reivindicações ao Governo Estadual, com o apoio da deputada Rita Passos, visando melhorias na área de segurança pública.

“Assim como era feito durante a gestão do Herculano, agendaremos audiências com a deputada e o secretário de Estado da Segurança Pública de São Paulo, Antônio Ferreira Pinto, para darmos sequências às questões dessa área”, disse Tuíze.

VD