Widget Image
Secretarias
22/08/2017
HomeGestões AnterioresOrelhão de Itu volta para Praça da Matriz após reforma

Orelhão de Itu volta para Praça da Matriz após reforma

Nesta quarta-feira (03/12) o famoso Orelhão de Itu, localizado na Praça Padre Miguel (Matriz), foi reinstalado no local após reforma realizada pela empresa de telefonia Vivo.

A atração turística do exagero mais famosa da cidade ganhou uma cúpula de meia tonelada, um aparelho telefônico novo, feitos em fibra de vidro, mais leves e resistentes que os anteriores e pintura naval. O poste de sustentação também foi reformado e teve toda a tinta retirada e refeita. O aparelho telefônico anterior que foi substituído era em madeira.

Estas obras não modificaram a estrutura e o formato original do objeto que será ainda muito mais resistente às ações do tempo, já que se encontra em local aberto.

Durante a colocação do Orelhão centenas de munícipes e turistas pararam para ver o retorno do Orelhão que é um dos principais pontos turísticos da cidade e um dos responsáveis pela fama da “cidade onde tudo é grande”.

Graças ao humorista Simplício, que tinha um quadro no programa “A Praça da Alegria” na extinta TV Tupi, foi que Itu desabrochou para o Turismo.

O Orelhão foi cedido pelo ex-ministro das Comunicações, Higino Corsetti, e instalado pela Telesp em 1973, na Praça da Matriz. No começo os habitantes da cidade duvidaram que a Telesp pudesse instalar um Orelhão gigante na cidade, mas isso aconteceu. Feito na mesma fábrica que produzia os orelhões comuns, nasceu o “Orelhão de Itu”, atraindo a curiosidade de turistas e visitantes.

Em 2000, com a privatização da Telesp pela Telefônica, o Orelhão foi reformado. Em 2012, com a mudança de nome da operadora de telefonia fixa que atua no Brasil a cidade de Itu teve a imagem de um dos seus grandes símbolos mudada pela terceira vez. O orelhão gigante que se encontra na Praça Padre Miguel (Matriz) foi pintado com as cores roxo e cinza, da empresa Vivo.

Texto: Renata Guarnieri e Fábio Navarro

Fotos: Renata Guarnieri/Prefeitura de Itu

(03/12/14)