Widget Image
Secretarias
27/06/2017
HomePlanejamentoItu foi a cidade que mais gerou empregos na região nos últimos dois meses deste ano

Itu foi a cidade que mais gerou empregos na região nos últimos dois meses deste ano

Os dados, divulgados pelo Caged, indicam aumento superior a municípios como Salto, Porto Feliz, Indaiatuba e Campinas

A cidade de Itu vive um momento de crescimento no mercado de trabalho. Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego, no primeiro trimestre deste ano, a cidade registrou um aumento de vagas formais superior ao apresentado em outros municípios da região, como Salto, Porto Feliz, Indaiatuba e Campinas.

Os setores que mais evoluíram entre janeiro e março de 2017 foram os serviços e a construção civil que, respectivamente, somaram 295 e 121 postos de trabalho. O destaque fica entre os meses de fevereiro e março, quando Itu obteve 324 novas vagas preenchidas. No mesmo período do ano passado, a cidade teve salto negativo, contabilizando 604 desligamentos.

“Acredito que medidas de austeridade contra a clandestinidade, como o reforço na fiscalização e a interdição de estabelecimentos irregulares, tenham auxiliado nesse crescimento do emprego formal apontado pelo Caged”, declarou o prefeito de Itu, Guilherme Gazzola.

“Itu, em valores absolutos, foi a cidade que mais gerou empregos na região. Campinas fechou quase 200 vagas e ficamos na frente de Sorocaba, Indaiatuba, Porto Feliz e Salto”, comentou o economista, Plinio Bernardi Júnior.

De acordo com Bernardi, que ocupa do cargo de secretário de Planejamento da Prefeitura de Itu, a cidade teve um crescimento de emprego que merece atenção: “Ainda estamos num período de oscilação e não podemos confirmar uma tendência. Mas, sem dúvida, num momento de notícias ruins é algo para se comemorar”.

A construção civil foi um dos setores que apresentou crescimento nas contratações formais durante o primeiro trimestre em Itu, de acordo com dados do Caged

A construção civil foi um dos setores que apresentou crescimento nas contratações formais durante o primeiro trimestre em Itu, de acordo com dados do Caged

Foto: Beto Silvestre/Prefeitura de Itu