Widget Image
Secretarias
26/06/2017
HomeGestões AnterioresItu completa 100% de coleta seletiva urbana com a implantação do Centro de Triagem no Pirapitingui

Itu completa 100% de coleta seletiva urbana com a implantação do Centro de Triagem no Pirapitingui

Sistema piloto começa a operar nesta segunda-feira e será inaugurado no próximo dia 9 de novembro

A partir de segunda-feira (24/10) Itu passa a contar com o sistema de coleta seletiva em 100% de sua área urbana. Isso se deve à implantação, pela Prefeitura, do Centro de Triagem de Recicláveis da Região do Pirapitingui, em parceria com a Comarei (Cooperativa de Materiais Recicláveis de Itu), reafirmando a excelência da cidade no tratamento dos resíduos sólidos.

A operacionalização do sistema começa nesta segunda por meio de um projeto piloto e o Centro de Triagem será oficialmente inaugurado no próximo dia 9 de novembro, atendendo a 13 bairros na região. De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), a previsão inicial é de coletar 100 toneladas por mês de materiais recicláveis, totalizando 18 mil imóveis. Na região central, Itu já coleta 300 toneladas por mês de recicláveis.

Na avaliação do prefeito Antonio Tuíze, com a implantação da coleta seletiva também na região do Pirapitingui, a cidade dá mais um passo à frente em sua reconhecida política de gestão de resíduos sólidos, destacando mais uma vez a preocupação do município com as questões ambientais e, por consequência, com a saúde e o bem estar dos ituanos.

Conscientização

A secretária municipal de Meio Ambiente, Patrícia Otero, destaca a importância da conscientização da comunidade. “A adesão dos moradores da área urbana central de Itu é muito boa e agora estamos trabalhando este processo com a nova região atendida”. Desde o início deste mês, em parceria com a Secretaria de Educação, a Secretaria do Meio Ambiente realiza nas escolas municipais e estaduais da região do Pirapitingui, a conscientização da comunidade escolar.

A ação, que é parte da implantação do Centro de Triagem de Recicláveis na Região, conta com a participação de educadores ambientais da SMMA e cooperados da Comarei, que vão até as escolas explicar às os procedimentos corretos de separação de lixo orgânico, reciclável, rejeitos e a maneira adequada de armazená-los, informando os dias de coleta em cada bairro.

Somente nas nove escolas municipais existentes na região serão conscientizados cerca de 3,7 mil alunos, que levarão para casa, além de folhetos explicativos, os conhecimentos adquiridos em sala de aula. “Essas ações com as escolas promovem um debate com  as crianças sobre consumo sustentável, combate a poluição e a separação do material reciclável”, comenta Patrícia.

Os professores e diretores de escolas municipais e estaduais da região do Pirapitingui estão sendo orientados por meio de reuniões que incentivam a implantação de coleta seletiva nas escolas e a maneira mais fácil de realizá-la. As casas da região estão sendo visitadas e os moradores, assim como os alunos, também recebem orientações.

Teatro multiplica conceitos

Os mais de 1,5 mil alunos das Emefs “Carolina de Moraes Macedo” e “Professora Marilze Calil”, localizadas no Cidade Nova, assistiram nos dias 13 e 14 de outubro ao teatro “Palco da Reciclagem” que ensina de forma lúdica a importância da reciclagem e como separar  o lixo em casa. As apresentações contaram com o apoio a Lei de Incentivo à Cultura, patrocínio da Tetra Pak e realização da STR Produção e Marketing Cultural, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Exemplo para o mundo

O modelo de gestão de resíduos sólidos desenvolvido em Itu é destaque em congressos em níveis nacional e internacional, como por exemplo na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP21) realizada em Paris, em dezembro de 2015.

Além da COP21, a gestão realizada em Itu já foi apresentada em Seul (Coréia do Sul), Quito (Equador), Cidade do México, Canela (RS), Vitória (ES) e Salvador (BA)

Texto: Decom

Foto: Renata Guarnieri/Prefeitura de Itu

(21/10/2016)