Widget Image
Secretarias
23/08/2017
HomeGovernoGestão de Guilherme Gazzola herda mais de R$ 50 milhões em dívidas do governo anterior

Gestão de Guilherme Gazzola herda mais de R$ 50 milhões em dívidas do governo anterior

Além dos R$ 40 milhões devidos aos fornecedores, foram deixados R$ 10 milhões para acertar com o funcionalismo. Ao todo, o rombo passa de R$ 50 milhões

Além dos aproximadamente R$ 40 milhões deixados em aberto com fornecedores e já noticiados pela imprensa, a nova gestão da Prefeitura de Itu herdou mais uma dívida gigantesca: mais de R$ 10 milhões devido aos servidores públicos municipais. Esse montante é composto pela folha de pagamento do mês de dezembro somado ao valor das exonerações dos secretários, diretores e cargos de confiança do governo passado.

“Esperávamos encontrar a casa em ordem. O mínimo que imaginávamos ao assumir a Prefeitura era que essas contas estivessem fechadas, mas o governo anterior optou por deixar essa herança para gente”, comentou o prefeito Guilherme Gazzola. “As dívidas com fornecedores e agora mais essa com os funcionários. O rombo passa de R$ 50 milhões. Esse é o cenário que encontramos para começar a governar”, explicou.

As exonerações dos secretários chegaram num total de R$ 502.949,09, outros cargos (diretores e assessores) em R$ 659.931,16. A folha de pagamento do último mês de 2016 fechou em R$ 9.468.709,51. A quitação desses débitos, já efetuada pela atual administração, tornou ainda mais complicado o equilíbrio das contas públicas municipais neste momento de crise financeira.

Para Guilherme, “a falta de transparência no trato do erário público é mais uma demonstração da forma em que a cidade vinha sendo governada nos últimos anos”. Por outro lado, o prefeito acredita que as dispensas de servidores comissionados e outras medidas de cortes de gastos adotadas em seu governo irão auxiliar na recuperação deste quadro.

(17/01/17)