Widget Image
Secretarias
22/08/2017
HomeCulturaAulas do Projeto Tocar começam quarta-feira no Cras “Frei Alípio”

Aulas do Projeto Tocar começam quarta-feira no Cras “Frei Alípio”

Começam na próxima quarta-feira (18/09) as aulas de música oferecidas gratuitamente pelo Projeto Tocar, realizado por meio de uma parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Itu e patrocínio da empresa CCR ViaOeste.

O Projeto Tocar acontece no Cras (Centro de Referência e Assistência Social) “Frei Alípio Both”, localizado na Rodovia Waldomiro Corrêa de Camargo, 14, Cidade Nova, ao lado do Centro Administrativo do Pirapitingui. No Projeto serão atendidos 80 alunos, que receberão gratuitamente o uniforme, lanche e todo o material didático que será utilizado nas aulas de violão, canto, bateria, guitarra, baixo ou teclado.

Após um ano de curso os alunos formarão grupos e farão apresentações no estilo musical escolhido por eles. O Projeto Tocar tem um método que prioriza o aprendizado musical do aluno a partir da prática. A linguagem musical é vista a partir do pulso musical e de levadas rítmicas específicas de cada gênero, desenvolvendo um método de ensino personalizado.

Durante a reunião de apresentação de como será o Projeto, que aconteceu no dia 04 de setembro, não somente os inscritos estavam ansiosos pelo início das aulas, as mães dos alunos também estavam principalmente, pela vinda de um curso de música gratuito para o bairro que fica afastado cerca de 15 quilômetros do centro da cidade.

“É ótimo o curso ser oferecido aqui no bairro, é perto de casa e fica fácil para eu trazer meu filho. Se o curso não fosse aqui teria que pagar duas passagens de ônibus para mim e mais duas para o meu filho para que ele fosse na aula lá no centro da cidade, comentou a dona de casa Maria Vaneide de Oliveira que inscreveu o filho Dário Oliveira nas aulas de bateria.

O filho mais velho de Maria Vaneide, também se inscreveu. “Vou fazer aulas de violão”, comentou o garoto de 16 anos. A mãe dos meninos também frequenta as aulas do Cras. “Já fiz aulas de crochê e agora faço de pintura em tecido”, conclui.

Texto: Renata Guarnieri