Widget Image
Secretarias
23/05/2017
HomeA CidadeBrasão e Bandeira

Brasão e Bandeira

Idealizado pelo historiador Afonso D’Escragnole Taunay. Revisão heráldica da Sociedade Brasileira de Heráldica e Medalhística. Escudo português redondo. Em campo de goles, o gibão de couro e algodão do bandeirante, ao natural; como suporte: dois troféus de bandeiras nacionais do Império.

Na coroa mural da cidade, símbolo de autonomia municipalista, de oito torres de prata, como devem ser as das cidades que não sejam capitais; sobre as ameias da porta principal, um escudete de blau com dois círios entrelaçados. Como timbre, um barrete frígio de goles, contendo, em letras douradas, a data 1873. No listel de goles, com letras de prata, a divisa: AMPLIOR ET LIBERIOR PER ME BRASILIA.

Descrição Simbólica

brasaoO escudo usado tradicionalmente pelos Municípios brasileiros evoca nossa origem lusitana.Em campo de goles (vermelho) cor que identifica coragem, intrepidez, um gibão de bandeirante, recorda que Itu foi centro importante de bandeirismo.

O troféu de bandeiras nacionais do Império, relembra a parte ativa que os ituanos tomaram no movimento em prol da Independência.

A coroa mural de 8 torres (sendo 5 à vista) é o símbolo que identifica o brasão de domínio, de prata, cor convencional para as cidades que não sejam capitais, sendo que o número de torres qualifica o brasão de Itu como o de sede de Comarca.

Sobre as ameias da porta principal, o escudete de blau (azul) com os dois círios entrelaçados, evocam a Padroeira da cidade, Nossa Senhora da Candelária, e sintetizam a fé robusta e firme dos ituanos. O barrete frígio representa a propaganda republicana, e recorda a data da memorável Convenção de Itu (1873).

No listel de goles (vermelho) com letras de prata, a frase latina que fala do orgulho justificado dos ituanos pela expansão de nossas fronteiras e liberdade de nossa pátria (Por mim o Brasil cresceu e se libertou).

Campo branco – (símbolo da pureza e da serenidade) dividido em seu terço por duas faixas que se entrecortam perpendicularmente.
bandeiraAí estão: O Rio Tietê (faixa horizontal azul) e seus afluentes (faixa vertical também azul) marcando, pela sua disposição no campo da bandeira, os quadrantes da Pátria una e indivisível, às suas margens, fixando através do friso amarelo-ouro, resplandece o espírito ituano, nas suas ásperas lutas de conquista e de colonização, para o bem da Pátria.

No entroncamento das duas faixas azuis, a figura branca do círculo, fechada pela linha da circunferência de sentido heráldico, traduzindo o eterno e o indestrutível, abrigando em seu centro o Brasão de Armas da Cidade de Itu, ponto de irradiação das duras ações por aqueles cursos d’água a serviço da Pátria.

Às margens do Rio Histórico, surgem 3 estrelas simbolizando a contribuição indestrutível e perene da gente ituana, na formação do organismo pátrio:
Berço de Bandeirantes;
Celeiro de vultos imortais da nossa História;
Ninho de artistas do mais alto padrão espiritual, dentro das tradições e arte brasileira.